Miguel Tomaz - Mobiliário de estilo Boulle

 

 

Miguel Tomaz é um restaurador de mobiliário e objetos de diferentes épocas, com especial incidência em antiguidades e seus específicos acabamentos. Móveis de estilo Boulle, marchetaria de Boulle, talha dourada, antiguidades, envelhecimentos, polimentos, lacas, enceramentos, pintura decorativa, pintura antiga, pintura decapé, decoração, acabamentos, decapé, decape, décapés, cérusés, marmoreados, reconstruções de arte sacra, caixas de relógio.

Este móvel foi construído em pinho e pintado manualmente no local. Em conformidade com a decoração envolvente, respeitando as suas características próprias, optou-se pela aplicação de um acabamento cerusé, cujo resultado pôs em evidencia a beleza do veio da madeira e a subtileza da cor marfim.

Esta cama, em madeira de mogno, encontrava-se muito danificada na sua estrutura e superfície, tendo sido pintada e patinada em tons de verde oceano. As ferragens foram recuperadas.

Intervenção de restauro realizada em fauteuil em mogno, com assento e costas com palhinha.

Com a antiga e já muito macerada pintura em cor verde, foi esta retirada e substituida por um acabamento decapé em tons de azul ultramarino e ocre.

Estas peças, em madeira de mogno, foram pintadas de modo a simular o marfim antigo. O tratamento em referência conferiu-lhes um bonito e envelhecido aspecto final, permitindo uma polivalência de enquadramentos, nomeadamente e no caso concreto, num ambiente rústico.

Execução de douramento com envelhecimento em chaise longue.

Estas peanhas, em madeira de carvalho, sofriam de acentuada infestação, tendo sido expurgadas e posteriormente pintadas. O acabamento cerusé favoreceu-as significativamente.

A coluna em evidência, e uma segunda que se não vê na foto, foram construídas em madeira de amieiro e demarcam a separação de duas salas. Foram pintadas manualmente no local, em cor vermelho inglês, e depois patinadas.

Estes pormenores, em talha aplicada, integram um soberbo espelho de grandes dimensoes e antiguidade. O espelho foi objecto de diversas e sucessivas intervenções de acabamentos no decurso da sua história. Por último, veio a ser pintado e patinado em tons de rosa antigo.

Este majestoso móvel, de estilo Boulle, encontrava-se bastante degradado, sobretudo no seu exterior. Apresentava um número significativo de falta de folhas de latão e de concha de tartaruga, que compõe a marchetaria; a oxidação dos ornamentos de bronze era muito acentuada e, em consequência, a deterioração da folha de ouro. A laca negra - que orla toda a superfície composta pelos painéis decorativos - sofrera também grande dano. A belíssima pedra, em mármore negro, que sobrepõe a peça, encontrava-se em bom estado de conservação. O restauro restituiu a originalidade e colocou em evidência toda a imponência e beleza deste móvel.

Esta mesa de jogo, de estilo Boulle, apresentava um adiantado estado de deterioração e foi alvo de uma exaustiva intervenção de restauro. A marchetaria, no seu todo, sofria de graves falhas e até de ausências de diversos elementos em latão, que foram integralmente reconstituidos (devido a oxidação, muitos dos motivos florais foram substituídos). Os ornamentos em latão e bronze foram, de novo, dourados a ouro fino. De igual modo, o tampo desta preciosa peça sofreu intervenções de minúcia, sendo os embutidos e a laca negra reconstituídos parcialmente. O resultado final revelou todo esplendor e verdadeira magnitude desta mesa de Boulle.

Esta secretária, de estilo Boulle, apresentava diversos problemas em termos de acabamentos: numerosas faltas nos metais, tendo sido os ornamentos, em bronze e latao, dourados a ouro fino; total ausência do fio de latao, que deveria orlar todos os painéis de marchetaria que integram a peça; no tampo e pernas, a laca negra sofrera graves danos, devido ao uso continuado a que fora sujeito. (couro, entretanto, encontrava-se em razoável estado de conservação). Com esta abarcante intervenção de restauro, a peça recobrou a sua grande beleza e dignidade.

Este louceiro, em madeira de vinhatico, encontrava-se em razoável estado de conservação. Foram substituídas as frentes das portas inferiores e recontruida a cornija. Todo o móvel foi sujeito a uma cuidada limpeza e ulterior polimento. Os vidros, de fabrico antigo, mantiveram a sua originalidade. A intervenção de que foi alvo, repôs a extraordinária beleza do madeiramento.

Estas figuras, em talha dourada e policromadas, de grande dimensão e significativa antiguidade, apresentavam diversas falhas nos seus acabamentos. Foram integralmente restabelecidas nos seus defeitos e conferindo o acabamento consonante com a sua época.

Esta cadeira foi alvo de uma extensa e pormenorizada recuperação. A estrutura foi consolidada e reconstruidas algumas faltas, nomeadamente o apoio de um dos braços e a travessa do assento. O couro, com algum desgaste, foi tratado, recobrando a sua originalidade.

Este aparador, em madeira de castanho, exibia uma estrutura defeituosa, após ter sido dividido em duas partes (presumivelmente, devido as suas dimensões). Foram restabelecidos diversos componentes que originalmente integrariam a sua composição e aplicou-se uma bonita pintura em tons de sienna. Os puxadores foram recuperados e limpos.

Pintura decapé executada num conjunto de 6 cadeiras de estilo inglês, em cor marfim.

Intervenção de restauro realizada em cómoda de estilo Luís XV, em pau-santo.

Intervenção de restauro e execução de pintura decapé realizada em guarda fato, em cor de marfim com envelhecimento.

Pintura decapé realizada em aparador construído em madeira de mogno, em tons de amarelo envelhecido.

Pintura decapé realizada em grande louceiro construído em madeira de casquinha, em tons de marfim com envelhecimento. Meados do séc. XIX.

Execução de restauro e pintura decapé em louceiro. Nesta peça, devido aos danos que apresentava, foram substituídas as almofadas das portas por painéis emoldurados decorados com motivos em folha policromada.

Transformação e pintura prateada com envelhecimento em decapé. Aplicação integral de perfis em madeira nas arestas exteriores. Base substituída por pés torneados em faia e colocação de novos puxadores em ferro forjado.

Pintura decapé realizada em louceiro, em tons de vermelho.

Intervenção de restauro em baú de origem macaense dos finais do Séc.XVIII /início do Séc.XIX, em madeira de cânfora revestida a couro. Motivos policromados com pregaria.

Intervenção de restauro realizada em armário convertido em estante livreira, em madeira de casquinha.

Intervenção de restauro em caixa de relógio sharp gothic de estilo capela.

Intervenção de restauro e pintura decapé em secretária. No tampo, devido aos graves danos na pelica, foi esta substituída por uma decoração diferente.

Pintura em prata envelhecida sobre busto em gesso.

Intervenção de restauro em réplica de escultura de Michel Pascal.

Este jogo de mahjong, que integrava uma caixa ricamente elaborada e adornada de pedras em jade, apresentava, contudo, manchas profundas na superfície. No restauro, optou-se pela execução de uma lacagem a negro, em sintonia com as características e origem. Os metais foram limpos e as pedras polidas.

Intervenção de restauro em par de grandes apliques em prata nepalesa.

Substituição de interior de lareira por expositor decorativo.

Intervenção de restauro e execução de pintura envelhecida em máquina registadora.

Intervenção de restauro em máquina de costura Frister & Rossmann, primeiro terço do Séc.XX.

Datada de 1783, de acordo com inscrição gravada numa cantaria, esta igreja localiza-se a escassos quilómetros de Chaves. De estilo Neoclássico, ricamente decorada e ornamentada, integra um elaborado e majestoso altar-mor, e dois outros altares em cada uma das laterais. As talhas, policromias, marmoreados, douramentos e acabamentos, apresentavam na generalidade, fortes sinais de deterioração. A presente obra de restauro assentou na recuperação integral dos elementos mencionados, bem como na execução de novas pinturas a óleo (fundos dos nichos), marmoreados e também novas mísulas. O extenso e minucioso trabalho de que foi alvo repôs a romântica originalidade, que se reveste de um belo e convidativo aspecto visual.

Malgrado a majestade desta estrutura retabular (que compõe o altar-mor), a avançada deterioração era manifesta. Mostrava significativas alterações e deformações no tabuado, nomeadamente nos entabulamentos laterais junto ao teto, bem como na cimalha e cornija que sustentam o guarda-pó. Todos os douramentos careciam de intervenção.

No nicho, foi substituída a pintura de fundo e os motivos que ilustram a concavidade superior, danificados pela contracção da madeira e agravados pela continuada emissão de calor proveniente de iluminação artificial, ali direccionada. Foi totalmente refeita a pintura a óleo, em tons mais expressivos, conferindo-se uma impressão visual mais atraente e mais adequada ao recato do local. Os douramentos foram refeitos.

Este retábulo interior, de estilo Renascença, havia sido anteriormente pintado sobre o douramento original (idêntico ao retábulo simétrico do Senhor dos Aflitos). Dada a irreversibilidade dos danos originados por esta actuação, refez-se a pintura, embora com ligeiras alterações na policromia (os azuis foram substituídos por uma dominante mais escura e contrastante). Os douramentos foram inteiramente renovados.

Este retábulo interior, igualmente de estilo Renascença e mantendo a originalidade, revelava extensa deterioração na estrutura e douramentos. Foi alvo de uma profunda intervenção, dando-se ênfase à consolidação, aos douramentos e demais acabamentos.

Restauradores de móveis, restauradores de móveis antigos, restauradores de antiguidades, restaurador de móveis, restaurador de móveis antigos, restaurador de antiguidades.

Armário de estilo boulle, secretária de estilo boulle, mesa de jogo de estilo boulle, marchetaria de boulle.